segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Oração Por Humildade - Meimei

Olá amigos, que bom poder trazer a vocês um pouco mais de Mensagens e Orações. Para mim tem sido muito gratificante este trabalho. Tenho aprendido muito com ele e isto é muito bom! Afinal há tanto a aprender, não é?

Desta vez vou falar sobre uma qualidade ou virtude, a qual precisamos aprender a cultivar mais, se o que desejamos é seguir as passadas de nosso Mestre Jesus.

 A Humildade.


“ A humildade é uma virtude muito esquecida entre os homens, e os grandes exemplos que dela tiveram foram muito pouco seguidos. Será que sem humildade poderemos ser caridosos para com o nosso próximo? Claro que não. A humildade iguala as criaturas, mostrando que todos são irmãos, que devem se ajudar mutuamente a as conduz ao bem. Sem a humildade, apenas se enfeitam de virtudes que não possuem; é o mesmo que vestir uma roupa para esconder as deformidades do corpo. Lembrem-se d´Aquele que nos salva. Lembrem-se de sua humildade que O fez tão grande, colocando-O acima de todos os Profetas.”

(O Evangelho Segundo o Espiritismo. Lacordaire – Constantina, 1863.)


O texto acima, escrito há algum tempo é e sempre será muito atual. E neste capítulo do Evangelho, podemos ainda ler que o maior adversário da humildade, é o orgulho. Quando analisamos, tudo o que tem ocorrido, mundo afora: as guerras, os conflitos entre as nações, os desentendimentos familiares ou mesmo dentro do ambiente de trabalho, enfim... Vemos na base de tudo, muitas vezes, além da falta de amor, vemos o orgulho e o egoísmo a imperar.


O amor e o respeito ao próximo, assim como a simplicidade, a humildade realmente estão ficando esquecidos, infelizmente. Convido aos interessados a lerem o Cap. VII, Bem-Aventurados os Pobres de Espírito, do Evangelho Segundo o Espiritismo, pela riqueza de ensinamentos e orientações que constam e que infelizmente não podemos colocar aqui na íntegra.


Tivemos no decorrer dos tempos, inúmeros exemplos de pessoas que viveram modesta e simplesmente. E que, no entanto eram grandes Missionários e Mensageiros do Alto, aqui na Terra. Podemos citar alguns. Mais recentemente tivemos: Madre Teresa de Calcutá, Irmã Dulce, Chico Xavier, entre outros tantos.



Nunca ficamos desprovidos de bons exemplos, Jesus nunca nos deixou sem referenciais a serem seguidos. Mas Ele foi sem dúvida o maior de todos.


JESUS E SEUS EXEMPLOS DE HUMILDADE

Identificamos na manjedoura a primeira lição de humildade trazida por Jesus aos homens;

“Seu nascimento na manjedoura, nos diz Emmanuel: assinalava o ponto inicial da lição salvadora do Cristo, como a dizer que a humildade representa a chave de todas as virtudes.”


Compreendemos que atendendo aos rudes labores da carpintaria com José, Jesus oferece-nos o exemplo da humildade na excelência do trabalho honesto para dignificação do espírito;


Jesus subsistindo na condição de Espírito Puro encarnou na Terra e viveu entre os homens como homem simples; Compreendemos a humildade de Jesus que, grande em sabedoria e amor, convida doze companheiros simples para colaborar com Ele na difusão do seu evangelho.


Um de seus exemplos mais belos de humildade: Jesus lavando os pés de seus discípulos, assim demonstrando a maior lição de humildade e submissão à vontade de Deus.


Ensinando Humildade 

Eram os dias derradeiros Dele, sobre a face da Terra. E Ele o sabia.

Anunciado Seu nascimento por mensageiros celestes, aguardado pelos séculos afora, Ele afinal chegou.

Viveu com os homens por pouco mais de três décadas. Iniciou Sua missão numa festa de alegrias, em Canaã, comemorando as bodas de um parente de Sua mãe.

E, na noite daquela quinta-feira Ele encerra o Seu messianato, na Terra, comemorando a Páscoa judaica, conforme a tradição de Israel.

Após a ceia, Ele despe a túnica, coloca uma toalha sobre os rins, toma de um jarro com água, uma bacia e inicia a lavar os pés dos apóstolos.

Surpreendem-se eles. Aquela é uma tarefa exclusiva dos escravos.

Nenhum patriarca em Israel, nenhum pai de família israelita a realizava.

Recebia-se o convidado à porta com um beijo de boas-vindas.

De imediato, um escravo desatava as sandálias do nobre conviva e lhe lavava os pés, diminuindo o desconforto gerado pelo uso das sandálias abertas, naquelas terras poeirentas.

Pedro procura se esquivar. O Mestre é muito especial para Se humilhar tanto!


Contudo, como Jesus lhe diz que se ele não se permitir lavar os pés, não terá parte com Ele, em Seu Reino, Pedro aceita o gesto.

Concluída a tarefa, o Excelente Professor da Humanidade toma assento novamente entre os que privam da ceia, e aduz:

Compreendeis o que vos fiz?

Vós chamai-me Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque o sou.

Se Eu, pois, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, deveis lavar-vos os pés uns aos outros.

Porque Eu dei-vos o exemplo, para que, como Eu vos fiz, assim façais vós também.


Jesus nos exemplifica.

Por maiores sejamos, por nossa condição intelecto-moral, por cargos que ocupemos, por responsabilidades que tenhamos de forma alguma nos devemos aclimatar ao orgulho. Afinal isto não nos faz superiores a nada, nem melhores do que ninguém! Não haverá sempre alguém em condições ainda melhores do que a nossa?


Que são alguns anos sobre a Terra face à eternidade que nos aguarda? As situações se revezam, não esqueçamos disto! Se hoje vivenciamos a beleza, a riqueza, o poder, na próxima oportunidade podemos vir desprovidos de tudo isto! Além do mais quando desencarnamos não levamos em nossa bagagem nada disto! Levamos apenas nossas ações, boas ou más.


Além do que, de que vamos nos orgulhar? De uma determinada conquista, de um posto hierarquicamente superior, da avantajada intelectualidade, não será tudo isto transitório, passageiro?

Que representa isto, em face a grandiosidade do Universo e a eternidade? 

(Via Láctea)

Somos habitantes de um minúsculo planeta em um sistema planetário que tem a sustentá-lo um sol de quinta grandeza!

(Via Láctea)

Assista este vídeo, ele mostra exatamente o nosso “tamanho”, o quanto “grande” nós somos!



Meimei, nossa iluminada e querida irmã, através da psicografia de Francisco Cândido Xavier, em seu livro” Amizade” , passou uma linda oração em que se mostra também, como um exemplo de humildade :

Oração por Humildade 

"DEUS de Misericórdia!...

Auxilia-me a conservar o anseio de encontrar-te.

Quando haja tumulto, ao redor de mim, guarda-me o silêncio interior em que procure ouvir-te a voz.

Se algum êxito me busca, deixa-me perceber a tua bondade sobre a fraqueza que ainda sou.

Diante dos outros, consente, oh! Pai, que te assinale o infinito amor, valorizando-me a insignificância, através daqueles que me concedam afeto.

Se aparecerem adversários em meu caminho, faze-me vê-los como sendo instrumentos de trabalho, dentre aqueles com que me aperfeiçoas.

Na alegria, induze-me a descobrir-te a proteção paternal, estimulando-me a seguir para a frente.

Na dor, fortalece-me os ouvidos para que te escutem os chamamentos de paz.

E, quanto mais possa conhecer, em minha desvalia, os recursos iluminados do oceano de mundos e de seres que construístes no Universo, concede-me, oh! Deus de Misericórdia, que eu tenha a simplicidade da gota d'água que, embora unicamente anônima gota d'água, se sente tranquila e feliz porque se vê capaz de refletir-te a luz no brilho eterno da Criação."

(De “Amizade”, de Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Meimei)


Para ouvir a "Oração por Humildade - Meimei", na voz de Margarete Lemos: 


Caso dê erro por aqui, acesse o link a seguir:
http://www.youtube.com/watch?v=-lT8l4xlP5Y&feature=plcp

Mas quem é Meimei?


Homenageada por tantas casas espíritas, que adotam o seu nome; autora de vários livros psicografados por Chico Xavier, entre eles: "Pai Nosso", "Amizade", "Palavras do Coração", "Cartilha do bem", "Evangelho em Casa", "Deus Aguarda", "Mãe" etc... e, no entanto, tão pouco conhecida pelos testemunhos que teve de dar quando em vida, Irma de Castro - seu nome de batismo - foi um exemplo de resignação ante a dor, que lhe ceifou todos os prazeres que a vida poderia permitir a uma jovem cheia de sonhos e de esperanças.



Meimei nasceu em 22 de outubro de 1922, na cidade de Mateus Leme - MG e transferiu residência para Belo Horizonte em 1934, onde conheceu Arnaldo Rocha, com quem se casou aos 22 anos de idade, tornando-se então, Irma de Castro Rocha. O casamento durou apenas dois anos, pois veio a falecer com 24 anos de idade, no dia 01 de Outubro de 1946, na cidade de Belo Horizonte-MG, por complicações generalizadas devidas a uma nefrite crônica.


Enfim, para concluir, resta apenas dizer que "Meimei" era um apelido carinhoso que o casal Arnando-Irma passou a usar, após a leitura de um conto chamado "Um Momento em Pequim", de autor americano. Ambos passaram a se tratar dessa forma: "Meu Meimei". E, segundo Arnaldo, Chico não poderia saber disso. (Meimei - expressão chinesa que significa "amor puro")


Ainda hoje esta carinhosa irmã, espírito de intensa luz trabalha em plano espiritual, acolhendo, atendendo aos necessitados, sempre com imenso carinho e amor. A ela, o nosso respeito e admiração. Que ela possa continuar este trabalho que ajuda há tantas almas, sempre com as bênçãos de nosso Mestre Jesus e de Maria nossa Mãe Santíssima.


É isto amigos, pensemos em tudo isto, recordando o ensino do Mestre Jesus e de outros irmãos que estiveram entre nós, e aprendamos com eles. Em todas as passagens Jesus sempre colocou a humildade entre as virtudes que nos aproximam de Deus, e acho que é isto o que todo humanidade precisa, aproximar-se mais de Deus.

 Portanto, tentemos ser mais humildes, aprendendo a servir e servir sempre! Ainda de Meimei uma de suas mais belas mensagens, através da psicografia de Francisco Cândido Xavier:

Confia Sempre

"Não percas a tua fé entre as sombras do mundo.

Ainda que os teus pés estejam sangrando, segue para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima de ti mesmo.

Crê e batalha.

Esforça-te no bem e espera com paciência.

Tudo passa e tudo se renova na Terra, mas o que vem do céu permanecerá.

De todos os infelizes, os mais desditosos são os que perderam a confiança em Deus e em si mesmos, porque o maior infortúnio é sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo.

Eleva, pois, o teu olhar e caminha.

Luta e serve.

Aprende e adianta-te.

Brilha a alvorada além da noite.

Hoje é possível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com aflição ou ameaçando-te com a morte...

Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia."


Muito obrigada a todos por terem lido esta postagem! Agradeço também aos amigos que compartilham e indicam este trabalho, ajudando assim na divulgação das mensagens cristãs! Que Jesus possa retribuir abençoando a todos! Até a próxima!


Ah, e não se esqueçam, para poder se tornar um membro deste blog, é necessário que você clique em: "PARTICIPAR DESTE SITE" ou "TORNAR MEMBRO". É ideal que você esteja logado em seu e-mail (ou seja, que você esteja com a página do seu e-mail aberta.). Nesse caso ele entrará como membro automaticamente, basta você confirmar. Caso contrário, é só selecionar um site que você tenha conta, preencher com seu email e senha, confirmar, e assim, você também se tornará um membro do site!

E...


Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário